Insurtechs: risco ou solução?

seguro-viagem
Dicas importantes para se usar o Seguro Viagem
15 de agosto de 2018
Cresce o Seguro de Pessoas.
Brasileiros contratam mais seguros para proteger renda
3 de setembro de 2018
insurtech

Recentemente em minha participação no evento CQCS Insurtech & Inovação pude assistir a palestra muito interessante do empreendedor Caribou Honig – fundador e CEO do Insurtech Connect -, que vislumbrou a transformação digital no setor de seguros como sua nova carreira.

É evidente que o setor de seguros é o segmento que mais investe em transformação digital de toda ordem nos últimos anos e Honig defende as insurtechscomo parceiras, e não inimigas. As seguradoras já estão na mesma onda de Honig e promovem uma verdadeira avalanche de investimentos em novas experiências para o setor.

Novas apostas estão sendo feitas no mercado para alinharem todos os canais de seguros: das seguradoras, consultorias e corretoras , até o cliente final. Por isso, Honig chama a atenção de todos para inovações como Inteligência Artificial (IA), API’s, Blockchain, Cloud e smartphone.

Alguns aplicativos já utilizam inteligência Artificial – uma simples selfie pode ser transformada em dados estruturados capazes de ser utilizados para análise de aceitação de proposta pelo mercado de seguros . Ou dados de sinistro podem buscar nas redes sociais informações complementares dos segurados.

Mas as startups por natureza têm cultura do risco, pensamento digital e não estão engessadas ao mundo tradicional. Elas têm uma cultura diferente, sempre baseadas em TI.

Em um mundo de inovações, temos que pagar para ver.

Boaventura Seguros
Boaventura Seguros
Há 18 anos fazendo a diferença no dia a dia do nosso segurado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *