A importância do seguro residencial para casas de praia

Desafio das Empresasna era Digital
O desafio das empresas na era digital
15 de outubro de 2018
Casal de noivos sentados na beira do lago.
O que é e como funciona o seguro de casamento?
3 de dezembro de 2018
casal em frente sua casa na praia protegida por seguro residencial

Muitas pessoas se preocupam com o seguro de carro, com o seguro de vida, mas ainda são poucos que possuem um seguro residencial.

Segundo levantamento da Federação Nacional de Seguros Gerais (FenSeg), menos de 15% das residências brasileiras têm seguro! Esse número é muito assustador se formos levar em conta os diversos riscos que podemos estar nos submetendo ao deixar nossa residência sem esse tipo de garantia.

Roubos e Furtos

Foto 2 - A importância do seguro residencial para casas de praia

Nosso refúgio de verão pode acabar virando um pesadelo ao chegarmos em nossa aconchegante casa e percebermos que fomos vítimas de um roubo. Por mais triste que seja, infelizmente, a segurança pública de nosso país é uma das piores que existem. E durante o verão, o número de roubos e furtos em casas pode aumentar em até 10%, principalmente nos feriados prolongados, como o Carnaval.

Esse tipo de situação, normalmente, é premeditada. Assaltantes utilizam olheiros para observar quando os moradores estão em suas casas. Esses olheiros podem chegar a abordar o morador, fazendo perguntas, ou apenas observá-lo a distância, e manterá contato com o assaltante para passar informações sobre o número de pessoas na casa, o modelo do veículo dos moradores, se o portão fica aberto, se os moradores costumam ficar conversando do lado de fora entre outros.

Segundo dados oficiais, casas em praias famosas são principais alvos de roubos e furtos. Logo, se você está procurando ou possui casas em Búzios, famosa cidade da Região dos Lagos, fique atento aos principais cuidados na hora de despistar os assaltantes e garanta um seguro residencial, já prevendo a possibilidade de acontecer algum infortúnio.

Desastres Naturais e Incêndios

Casas que ficam localizadas no litoral, especialmente próximas ao mar e rios, estão sujeitas a alagamentos. Casos como esse são muito comuns em épocas de tempestades, principalmente em anos de El Niño, fenômeno climático que provoca aumento da temperatura e das chuvas nas regiões Sul e Sudeste.

Foto 3 - A importância do seguro residencial para casas de praia

Entre outros desastre naturais que podem prejudicar as casas estão grandes vendavais e queda de raios. Pode parecer exagero, mas o Brasil é um dos países onde mais caem raios no mundo!

O calor anormal, falhas no sistema elétrico e a própria ação do homem podem resultar também em incêndios nos imóveis. As razões por trás deles podem ser ambientais, no caso de queimadas na região, como os incêndios próximo a estrada de Guriri que acometeram casas em Cabo Frio, ou por razões humanas, como curto circuitos em sistemas sobrecarregados, e incêndio criminoso.

Esse tipo de situação, quando acontece em nossas casas, já é muito complicado de lidar, pois envolve o apoio de entidades públicas como os bombeiros, e traz danos irreparáveis ao imóvel e o que há dentro dele, sejam bens materiais ou vidas humanas. Porém, quando moramos distante da cidade no qual está nossa casa de praia e não temos ninguém de confiança que possa nos avisar sobre o que aconteceu, a situação se transforma em um verdadeiro caos. Nesse sentido, o seguro residencial é essencial para cobrir o valor das perdas.

Responsabilidade Civil

Foto 4 - A importância do seguro residencial para casas de praia

Além de nos precaver daquilo que não temos sob controle, devemos tomar cuidado com aquilo que estava sob nossa responsabilidade e prejudicou um terceiro! Alguns exemplos de dano por responsabilidade civil são reformas que possam ter afetado a casa do vizinho, uma planta cair da sua varanda e acertar uma pessoa, ou até mesmo, para quem possui animais de estimação na casa de praia, a fuga de um cachorro que, em seguida, machuca alguém na rua. Em todos esses casos, poderá haver algum tipo de processo de reparação de danos ou rescisão dos custos do terceiro.

De que maneira o seguro residencial pode me ajudar?

Diversas pesquisas sobre o perfil do consumidor brasileiro mostram que são poucos aqueles que possuem uma reserva financeira emergencial para suprir necessidades no caso de um imprevisto, seja ele de saúde, débitos ou até mesmo no seu imóvel. Dessa forma, os seguros sempre serão um grande aliado.

O seguro residencial tem por finalidade proteger o patrimônio do consumidor. Não somente a estrutura física de uma residência, mas também, em algumas opções, garantir tudo o que está dentro do imóvel (televisão, mesa, cadeira, estrutura elétrica, entre outros). O que um seguro residencial irá cobrir dependerá das necessidades do adquirente e pode ser personalizado.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, o seguro residencial básico sempre irá cobrir o imóvel em caso de incêndio, queda de raio ou explosão. Ele será calculado a partir do valor do apartamento ou casa e de uma estimativa de custo dos bens que o integram. Além dele porém, é possível solicitar outras coberturas que serão cobradas à parte. Entre elas, as mais comuns são contra roubos e furtos, vendavais e responsabilidade civil, situações que, como descrevemos acima, podem estar sujeitas a acontecer em casas de praia. Há também seguros contra alagamentos e enchentes, que são calculados de acordo com a região do imóvel.

Foto 5 - A importância do seguro residencial para casas de praia

Para encontrar os melhores tipos de coberturas e seguros, conte sempre com a Boaventura Seguros, continue navegando no site para conhecer outros grandes itens para deixar sua cotação de seguro de uma forma muito prática.

Boaventura Seguros
Boaventura Seguros
Há 18 anos fazendo a diferença no dia a dia do nosso segurado!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *